Apoio à Rede Municipal de São Paulo para Realização de Exames de Eletroneuromiografia em Unidade Básica de Saúde
Hospital Israelita Albert Einstein

Apoio à Rede Municipal de São Paulo para Realização de Exames de Eletroneuromiografia em Unidade Básica de Saúde
Eletroneuromiografia
2018-2020

Hospital Israelita Albert Einstein
Resumo
A eletroneuromiografia é um exame complementar muito importante para o diagnóstico de doenças dos nervos e músculos. Ele detecta distúrbios no sistema nervoso periférico, permitindo a localização e caracterização do problema, além de auxiliar no direcionamento da investigação etiológica da doença, podendo ainda fornecer informações sobre o prognóstico da lesão. A fila de espera para realizar esse exame no Sistema Único de Saúde (SUS) do município de São Paulo é de cerca de dois anos. Uma das dificuldades em aumentar a oferta desse teste é a limitação, do mercado de trabalho, em contratar profissionais capacitados para a sua execução técnica. Além de aumentar a oferta do exame, este projeto objetiva desenvolver ações conjuntas de prevenção, promoção e recuperação da saúde do paciente.
A realização dos exames de eletroneuromiografia tem como efeito a diminuição da demanda de pacientes, que necessitam de um exame específico para o diagnóstico de doenças do sistema nervoso periférico, e, consequentemente, a redução da fila de espera do SUS nessa especialidade. Essa ação é fruto da parceria do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) com a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP). Além de atender aqueles pacientes com dificuldade de realizar o exame de eletroneuromiografia, disponível na rede de atendimento ao SUS, este projeto propiciou uma assistência de qualidade a esses usuários. A iniciativa foi descontinuada em 31 de janeiro de 2018.
Este projeto disponibilizou exames de eletroneuromiografia a pacientes do município de São Paulo, com foco na qualidade técnica, auxiliando diretamente o cuidado dos pacientes atendidos. Os indicadores utilizados para avaliar a oferta desse serviço foram os números de vagas disponíveis, agendadas e exames realizados, em paralelo com as percentagens de perda primária e de absenteísmo. Coube ao HIAE garantir provimento de recursos físicos e humanos, a fim de atender os objetivos propostos nesse projeto.
Por meio do Sistema de Informação de Gestão de Assistência à Saúde (SIGA), a SMS-SP regulou as vagas, para a realização do exame de eletroneuromiografia. Após fazer o exame e receber o laudo, o paciente retorna em consulta no serviço de saúde de origem para o devido tratamento e encaminhamento para perícia, entre outros procedimentos necessários.
Os envolvidos no projeto são o SUS e seus usuários, a SMS-SP e o HIAE.


INDICADORES

CONHEÇA OUTROS PROJETOS
Processando