Capacitação em preceptoria de residência médica
Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Capacitação em preceptoria de residência médica
Preceptoria RM
2018-2020

Capacitação em preceptoria de residência médica
Resumo

CAPACITAÇÃO EM PRECEPTORIA DE RESIDÊNCIA MÉDICA

 

Introdução

 

A Residência Médica (RM) constitui uma modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu considerada fundamental para a consolidação da formação profissional e da especialização médica. O preceptor participa integralmente da formação do residente como supervisor, professor e tutor. No entanto, na maioria dos programas de RM, o profissional de saúde assume as funções de preceptor sem ter sido preparado para tal. Assim, para transformar essa realidade, o Curso de Capacitação em Preceptoria de RM se baseará nas estratégias de ensino-aprendizagem organizadas para apoiar a construção de um diagnóstico situacional e na elaboração de um projeto de estratégia de RM.

Adicionalmente, o projeto visa apoiar a Lei 12.871, de 22 de outubro de 2013, que prevê a oferta anual de vagas equivalente ao número de egressos da graduação de medicina. Além da Portaria Interministerial MEC/MS n° 1.618, de 01 de outubro de 2015, que instituiu o Plano Nacional de Formação de Preceptores para Programas de Residência na Modalidade Medicina Geral da Família e Comunidade.

 

Objetivo

Capacitar médicos que atuam como supervisores, preceptores ou participam da implantação de programas de RM, vidando o desenvolvimento pedagógico e de gestão, em especial, nas áreas de Medicina Geral de Família e Comunidade, bem como áreas de atendimento da Atenção Básica, no sentido de aprimorar os programas e contribuir para a melhoria dos processos de ensino e cuidado à saúde, fortalecendo as políticas públicas de expansão e qualificação da RM no Brasil.

 

 

Objetivos Específicos

  • Desenvolver e implementar curso de extensão na modalidade híbrida, de 80 horas, sendo 16 horas de encontro presencial e 64 horas online com tutoria e mediação pedagógica contínua.

 

  • Promover  três edições do curso de extensão, híbrido em uma plataforma de Educação a Distância.

 

  • Promover o encontro Presencial, em dois dias, em cada uma das 3 edições do curso, reunindo 400 preceptores de RM, tutores e especialistas.

 

 

Metodologia

O curso de Capacitação de Preceptores de RM que utilizará o método da problematização com a análise do diagnóstico situacional do programa de RM e elaboração de um projeto de estágio. O curso se caracteriza por uma estrutura híbrida: um encontro presencial e atividades de ensino online, por meio de ambiente virtual de aprendizagem (AVA), com carga horária total de 80 horas.

Resultados

Em outubro de  2018 foi iniciada a 1ª edição do curso com 399 alunos matriculados. A previsão de término desta edição está prevista para abril de 2019.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Conclusão



Introdução

A Residência Médica (RM) constitui uma modalidade de ensino de Pós-graduação Lato sensu considerada fundamental para a consolidação da formação profissional e da especialização médica.

No Brasil, a RM foi iniciada na década de 1940, em 1967 foi criada a Associação Nacional dos Médicos Residentes (ANMR) e, em 1977, a RM foi regulamentada pelo Decreto nº. 80.281, que implantou a Comissão Nacional da Residência Médica. A partir do Decreto a formação em RM, quando cumprida integralmente dentro de uma determinada especialidade, confere ao médico residente o título de especialista.

O preceptor participa integralmente da formação do residente como supervisor, professor e modelo. No entanto, o profissional da saúde assume as funções de preceptor na maioria das vezes sem ter sido preparado para tal. Embora, espera-se que o Programa de RM tenha um projeto pedagógico que expresse seus objetivos educacionais, conteúdos e métodos de ensino e de avaliação do aprendizado do residente e do próprio programa.

Adicionalmente, o projeto visa apoiar a Lei 12.871, de 22 de outubro de 2013, que visa a oferta anual de vagas equivalente ao número de egressos da graduação de medicina. Além da Portaria Interministerial MEC/MS n° 1.618, de 01 de outubro de 2015, que instituiu o Plano Nacional de Formação de Preceptores para Programas de Residência na Modalidade Medicina Geral da Família e Comunidade.
 
Desta forma, o curso de Capacitação em Preceptoria de RM, se destina a capacitar preceptores de RM. Para tanto, define como perfil do preceptor: profissional competente na sua área de atuação, ético, crítico, reflexivo, humanista, capacitado a formar profissionais em serviço, com visão crítica do seu papel social como educador. Além de apto a elaborar e coordenar um programa ou estágio de RM de acordo com as normas e leis vigentes, reconhecendo as necessidades de saúde da população brasileira.



Métodos

O projeto se propõe a ofertar 03 edições de Curso de Capacitação em Preceptoria de RM, composto por 80 horas e ofertado a 1.200 alunos, sendo 400 participantes em cada edição.

O curso se caracteriza como híbrido: um encontro presencial e atividades de ensino online, por meio de ambiente virtual de aprendizagem (AVA). Os participantes são organizados em turmas acompanhados por tutores. O encontro presencial -  compreende atividades teóricas e práticas mediadas pelos tutores, tem duração de 2 dias.
O AVA está estruturado com diferentes recursos que viabilizam os objetivos educacionais propostos. Nele, os alunos têm acesso ao material didático, distribuídas em 03 módulos e realizam as tarefas, interagem entre si nas respectivas turmas  com o tutor responsável, além disso realizam as avaliações de aprendizagem. 

O Módulo I tem por objetivo que o preceptor faça o diagnóstico situacional do seu programa de RM. O Módulo II visa à aquisição e o desenvolvimento de competências pedagógicas exigidas de um preceptor. O Módulo III tem o foco na gestão do programa e na aquisição de competências que permitam ao preceptor elaborar um planejamento educacional de um estágio, ou mesmo de um programa de RM.

Este projeto se fundamenta nos conceitos da aprendizagem significativa e da aprendizagem de adultos.

O curso considera a avaliação parte integrante do processo de ensino-aprendizagem. Ela se realiza continuamente (avaliação formativa), sob a forma de diálogo com o tutor e dos instrumentos do AVA, ao final de cada módulo e de cada curso. Além dessas, são realizadas Avaliações de Desempenho do aluno (frequência e aproveitamento), a Avaliação de Reação e a Avaliação de Comportamento, que objetiva saber como o aluno emprega os conceitos aprendidos em seu dia-a-dia no acompnhamento de seus residentes.



Resultados

Durante toda a execução do projeto cerca de 1000 médicos preceptores foram capacitados.
O curso teve como resultado o aprimoramento pedagógico e de gestão dos Preceptores dos Programas de Residência Médica, principalmente, em Medicina Geral de Família e Comunidade.
Além do aprimoramento dos Programas de Residência Médica, por meio do desenvolvimento destes profissionais, espera-se promover uma melhor distribuição e alocação regional de profissionais de saúde em áreas estratégicas do SUS, já que a capacitação tem abrangência nacional e com capilaridade em todas as regiões do país.



Liderança
Nídia Cristina de Souza 
Tathiana Soares Machado Velasco - http://lattes.cnpq.br/1452946293230006
Ligia Fonseca Spinel -  http://lattes.cnpq.br/2560383535817802

Equipe

Gustavo Faibischew Prado http://lattes.cnpq.br/4633019225952599
Vitoria Kachar Hernandes http://lattes.cnpq.br/5950564311339989
Daniela Aparecida Ramos Pimentel Damasceno Ferreira Motta
Gisele Mendo Luiz da Silva



Colaboração
Milton de Arruda Martins
Patrícia Tempsky
(TEMA PROJETOS EDUCACIONAIS E ASSISTENCIAIS EM SAUDE LTDA.)

Área Técnica
Secretaria de Gestão do trabalho e da Educação na Saúde (SGTES)
Departamento de Planejamento e Regulação da Provisão de Profissionais de Saúde (DEPREPS)

INDICADORES

337
Profissionais
capacitados
CONHEÇA OUTROS PROJETOS
Processando