Institucionalização de práticas avaliativas: a gestão estratégica da vigilância sanitária baseada em evidências
Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Institucionalização de práticas avaliativas: a gestão estratégica da vigilância sanitária baseada em evidências
IPA - Gestão Estratégica VISA
2018-2020

Hospital Alemão Oswaldo Cruz
Resumo

Introdução

O projeto no triênio 2015-2017 partiu da identificação da incipiência de iniciativas voltadas à mensuração da efetividade e do impacto das ações de vigilância sanitária no Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), além da fragilidade no uso de métodos avaliativos e de fontes de dados e ferramentas de monitoramento e avaliação de políticas públicas.

Neste triênio 2018-2020, portanto, o projeto terá como foco as práticas avaliativas – a gestão estratégica da vigilância sanitária baseada em evidências, visando a implantação de instrumentos e ferramentas de avaliação na prática gestora da Visa, partindo do referencial de avaliação construído triênio 2015-2017.

 

Objetivo

Incorporar processos e práticas de monitoramento e avaliação das ações de regulação e vigilância sanitária à governança organizacional da Anvisa, validando uma modelagem de avaliação aplicável ao Sistema Nacional de Vigilância Sanitária.

 

Objetivos Específicos

  • Testar o Modelo Teórico para Avaliação da Efetividade das Ações de Visa e o Modelo Lógico das Ações de Visa em uma unidade federada e um município brasileiro;
  • Desenvolver capacidades e competências do corpo técnico e gerencial do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária no tema Avaliação em Saúde (foco em vigilância sanitária);
  • Apoiar o desenvolvimento de estudos e pesquisas sobre a temática de avaliação das ações de regulação e vigilância sanitária;
  • Estabelecer conexões entre as instituições com expertise na área de Avaliação em Vigilância Sanitária – Compartilhamento de conhecimento e contribuição à estruturação de rede colaborativa.

 

Metodologia

  • Capacidade Avaliativa/Desenvolvimento de competências: modernas teorias e melhores práticas de capacitação de recursos humanos na modalidade de educação à distância.
  • Capacidade Avaliativa / Mecanismos Estruturais e Técnicos serão trabalhadas por meio da aplicação / validação do Modelo Teórico para Avaliação da Efetividade das Ações de Visa e do Modelo Lógico das Ações de Visa junto a duas das instituições visitadas na etapa diagnóstica do projeto.
  • Monitoramento e Avaliação/ Produção, Informação e Comunicação de Resultados serão direcionadas para a realização de oficinas de trabalho, apresentações em mesas redondas e conferências de congressos e simpósios visando à disseminação dos resultados alcançados pelo projeto.
  • Redes Colaborativas / Cooperação Técnica e Articulação Intersetorial serão trabalhadas por meio da realização de visitas técnicas, pela equipe do projeto, de benchmarking internacionais, com roteiro construído previamente com as equipes das instituições parceiras, visando à formação de parcerias e trocas de experiências.

 

Resultados esperados

Testar e validar o modelo teórico lógico de avaliação das ações de vigilância sanitário na realidade de serviços estaduais e municipais.

Disseminar a cultura da avaliação e criar competências avaliativas junto a profissionais que atuam nas vigilâncias sanitárias do país.



Introdução

A priorização do tema da Avaliação das Ações de Vigilância Sanitária parte da percepção de que há poucas iniciativas voltadas à mensuração da efetividade e do impacto das ações de vigilância sanitária no Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS).

Nesse sentido, verifica-se incipiência de processos e projetos focados na avaliação dos resultados das ações empreendidas pelos municípios, estados e pela União, além de pouca apropriação, por parte de gestores, dos métodos avaliativos e, ainda, fragilidade com relação às fontes de dados e ferramentas de monitoramento e avaliação de políticas públicas.

Este projeto de continuidade para o triênio 2018-2020, portanto, terá como foco as práticas avaliativas – a gestão estratégica da vigilância sanitária baseada em evidências, visando a implantação e implementação de instrumentos e ferramentas de avaliação na prática gestora da Visa, partindo do referencial de avaliação construído no âmbito do projeto referente ao triênio anterior.

Métodos

As metodologias utilizadas no projeto, são referentes às entregas relacionadas às linhas de execução:

  • Capacidade Avaliativa/Desenvolvimento de competências: modernas teorias e melhores práticas de capacitação de recursos humanos na modalidade de educação à distância.
  • Capacidade Avaliativa / Mecanismos Estruturais e Técnicos serão trabalhadas por meio da aplicação / validação do Modelo Teórico para Avaliação da Efetividade das Ações de Visa e do Modelo Lógico das Ações de Visa junto a duas das instituições visitadas na etapa diagnóstica do projeto.
  • Monitoramento e Avaliação/ Produção, Informação e Comunicação de Resultados serão direcionadas para a realização de oficinas de trabalho, apresentações em mesas redondas e conferências de congressos e simpósios visando à disseminação dos resultados alcançados pelo projeto.
  • Redes Colaborativas / Cooperação Técnica e Articulação Intersetorial serão trabalhadas por meio da realização de visitas técnicas, pela equipe do projeto, de benchmarking internacionais, com roteiro construído previamente com as equipes das instituições parceiras, visando à formação de parcerias e trocas de experiências.


Resultados
Ainda não há resultados.

Liderança
Ana Paula Marques de Pinho - Superintendente de Responsabilidade Social
Nidia Cristina de Souza - Gerente de Projetos

Equipe
Bruno Lopes Zanetta - Analista de Projetos
Girlene dos Santos Almeida - Assistente Administrativa

Colaboração
Danila Barca - Consultora Vigilância Sanitária
Mônica Baeta - Consultora Gestão da Qualidade

Área Técnica


INDICADORES

CONHEÇA OUTROS PROJETOS
Processando