PROADI-SUS capacita gestores estaduais em Avaliação de Tecnologia em Saúde

PROADI-SUS capacita gestores estaduais em Avaliação de Tecnologia em Saúde PROADI-SUS capacita gestores estaduais em Avaliação de Tecnologia em Saúde

O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS) oferece qualificação a profissionais atuantes na tomada de decisão em serviços de saúde de todo o país. De março de 2020 a outubro de 2023, serão oferecidos três cursos autoinstrucionais, na modalidade Ensino à Distância (EaD), com foco em evidências e metodologias científicas para o desenvolvimento de projetos em Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS). A iniciativa tem como público-alvo profissionais atuantes na tomada de decisão em serviços de saúde de todo o país e é conduzida pelo Hospital Moinhos de Vento, em parceria com o Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). 

Aline Andrea Cunha, responsável técnica do projeto ATS Educação, explica que a iniciativa trará inúmeros benefícios ao sistema público de saúde como um todo: “Este projeto trará importantes benefícios ao SUS pois proporcionará a qualificação de profissionais em ATS para interpretação e desenvolvimento de pareceres e relatórios técnicos com maior qualidade e relevância para SUS, apoiando os Gestores na tomada de decisão. Outro importante benefício deste projeto é a estruturação de Núcleos de Avaliação de Tecnologias (NATS) nas Secretarias Estaduais de Saúde (SES), que irá promover o desenvolvimento de redes de atuação em ATS”.  

Em parceria com o CONASS, será realizado um diagnóstico situacional para aplicação da ATS nas Secretarias, a fim de compreender a disponibilidade para área em cada estado, bem como certificar-se da estrutura disponível e selecionar os profissionais qualificados.  

Três cursos autoinstrucionais, na modalidade EaD, serão oferecidos e contam com carga horária estimada de 140 horas. Além disso, serão realizadas atividades remotas síncronas, realizadas de acordo com as maiores dificuldades dos participantes, que abordam os temas como avaliação econômica em saúde, conceitos de ATS e metodologias científicas. 

Também serão realizadas atividades práticas, como oficinas presenciais para o treinamento e elaboração de pareceres técnico-científicos (PTC), essenciais para a incorporação de novas tecnologias e de novas aplicações para tecnologias já existentes no SUS. Cinco encontros serão realizados, um em cada região do país, e, ao final curso, os profissionais deverão estar aptos para elaborar um PTC, levando em consideração as necessidades locais, entregue à equipe do projeto para avaliação final e, posteriormente, validado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC).  

Por fim, a iniciativa prevê apoio às Secretarias na implementação e estruturação de Núcleos de Avaliação de Tecnologias (NATS), garantindo o desenvolvimento das redes de atuação em ATS em todos os estados, em sintonia com o CONASS e a Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (CONITEC), como explica o assessor técnico do Conselho, Heber Dobis: “Nosso objetivo é criar estruturas com capacidade de responder às demandas dos gestores sobre essa temática. Essas estruturas também apoiarão o CONASS na questão da incorporação de tecnologia a nível central”.  



Assine a Newsletter_