Resumo

O uso da telemedicina, como ferramenta para viabilizar a oferta de serviços em saúde, bem como educação, treinamento e apoio clínico aos profissionais da saúde, em casos onde a distância é um fator crítico, vem crescendo e já é rotineiramente oferecida em países mais desenvolvidos (GARINGO et al., 2015; GORAN, 2011).

O Brasil é um país que oferece oportunidades ímpares para o desenvolvimento e as aplicações da telemedicina. Sua grande extensão territorial, milhares de locais isolados e de difícil acesso, distribuição extremamente desigual de recursos médicos de boa qualidade, entre outros aspectos que vêm limitando o direito à saúde - universal, integral e equânime. Os esforços dos governos estaduais e federal na implementação da telemedicina consubstanciam essa perspectiva. (MALDONADO et al., 2016). 

Dados de revisões sistemáticas sugerem que o emprego da Telemedicina no ambiente de UTI também pode diminuir a mortalidade de pacientes internados em UTI, além do uso racional de recursos.

 


Introdução

No caso do Einstein, mais de 160 leitos – 20 hospitais farão parte do projeto (que iniciou-se no final de Abril 2022 e tem duração prevista até 31/12/2023).

Adicionalmente as visitas virtuais multiprofissionais diárias, o presente projeto também propiciará:

  • Condução diária também de visitas de acompanhamento multiprofissional (médicos, fisioterapeutas e de enfermagem)
  • Disponibilização sob demanda, de teleinterconsulta com especialistas médicos (Cardiologia, Pneumologia, Neurologia e Infectologia).
  • Acompanhamento e avaliação de indicadores assistenciais nas UTIAs participantes.
  • Atividades de educação permanente às equipes das unidades participantes
  • Subsidiar e auxiliar na produção, em conjunto com as equipes remotas, de protocolos e rotinas multidisciplinares para sistematizar o acompanhamento e tratamento do paciente crítico entre as unidades.

  • Métodos

    Mais de 800 leitos (em mais de 80 hospitais) serão acompanhados diariamente, por especialistas de 5 hospitais PROADI (HIAE, HSL, HAOC, HCor e BP).



    Equipe

    • Hospital Israelita Albert Einstein

      Liderança

      .


      Equipe

      Dr Adriano José Pereira: Coordenador Médico

      Maura Cristina dos Santos: Enfermeira Sênior

      Lenine Melo Lino: Analista de informações gerenciais

       Lucelio Rocha: Suporte em TI

      Alessandra Takehana de Andrade: Enfermeira de Apoio

       


      Colaboração

      .


      Área Técnica

      .


    Conheça outros Projetos_