Resumo

Os serviços de urgência e emergência no país exigem cada vez mais profissionais aptos para trabalhar em equipe, preparados para atender uma infinidade de condições clínicas e capazes de dar diagnósticos precisos e tratamentos adequados com agilidade.

Sendo assim, o projeto Qualificação de Profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) em Urgências e Emergências com Simulação Realística foi criado para capacitar profissionais de saúde do SUS, no âmbito do atendimento de urgências e emergências adulto e pediátrica, utilizando a simulação realística.

Entre os anos de 2018 e 2020, no total, foram capacitadas 95 turmas. Foram treinados mais de 3 mil profissionais do SUS, sendo 2.108 no curso de adultos e 1.680 no de pediatria.

Na média realizada para avaliação do curso, 95% dos participantes consideraram o treinamento como “excelente/bom”, principalmente no que se refere à questão da dinâmica que a metodologia da simulação proporciona aos participantes. 

Desta forma, a continuidade do treinamento elevará o conhecimento dos profissionais, podendo oferecer, de forma indireta, melhoria na qualidade da assistência e segurança no atendimento.

 


Introdução

O objetivo é capacitar profissionais médicos, enfermeiros e fisioterapeutas do SUS no aprimoramento das atividades de assistência a crianças e adultos em situações de urgência e emergência, considerando profissionais atuantes no SAMU, professores dos centros de simulação realística de hospitais universitários, UPAs 24 horas e hospitais federais e universitários. O foco do projeto é qualificar a equipe para garantir a segurança do paciente, a partir das melhores práticas e condutas, de forma que possa atender as mais diversas condições clínicas, dar diagnósticos precisos e tratamento adequado. 

As capacitações do projeto serão realizadas em duas etapas, com formação online e presencial. O profissional realizará o conteúdo online como pré-requisito para participação presencial. O certificado será emitido mediante o cumprimento total da carga horária (16h) em cada curso.

Objetivos relacionados à urgência e emergência pediátrica:

  • Abordar os temas mais recorrentes nos serviços de emergência pediátrica, como infecções respiratórias, arritmias, choque séptico, parada cardiorrespiratória, entre outros;
  • Aprimorar conhecimento em técnica e indicação dos principais procedimentos emergenciais em pediatria;
  • Preparar e atualizar os participantes a realizarem o diagnóstico e abordagem dos principais temas de emergências clínicas;
  • Empregar os conhecimentos adquiridos na prática diária.
  • Objetivos relacionados à urgência e emergência adulto:

  • Abordar os temas mais recorrentes nos serviços de emergência, como síndromes coronarianas agudas, sepse, acidente vascular cerebral, entre outros;
  • Atualizar os participantes a realizarem o diagnóstico e abordagem dos principais temas de emergências clínicas.
  • Objetivos do Plano Nacional de Saúde vinculados ao projeto:

  • Objetivo 07: promover a produção e a disseminação do conhecimento científico e tecnológico, análises de situação de saúde, inovação em saúde e a expansão da produção nacional de tecnologias estratégicas para o SUS;
  • Objetivo 10: promover, para as necessidades do SUS, a formação, a educação permanente, a qualificação, a valorização dos trabalhadores, a desprecarização e a democratização das relações de trabalho.
  • Políticas públicas vinculadas:

  • Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS):
  • VI - apoio à formação e à educação permanente em promoção da saúde para ampliar o compromisso e a capacidade crítica e reflexiva dos gestores e trabalhadores de saúde, bem como o incentivo ao aperfeiçoamento de habilidades individuais e coletivas, para fortalecer o desenvolvimento humano sustentável;
  • VIII - promover processos de educação, formação profissional e capacitação específicas em promoção da saúde, de acordo com os princípios e valores da Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS), para trabalhadores, gestores e cidadãos;
  • Os resultados e impactos do projeto de qualificação para o SUS poderão ser observados com a melhora da prática clínica em situações de urgências e emergências e a redução da mortalidade.

     


    Métodos

    O projeto está dividido em dois momentos:

  • Capacitação dos profissionais: aulas focadas no atendimento de urgências e emergências, proporcionando aos profissionais participantes a ampliação e atualização dos seus conhecimentos no escopo de atendimento adulto e pediátrico. Cada programa conta com a carga horária de 16 horas, sendo 8 horas de encontro assíncrono, com vídeo-aulas e demonstração de habilidades, e 8 horas de interações práticas presenciais, com cenários de simulação realística e interação com especialistas para discussão de casos e raciocínio clínico. Serão executadas duas temáticas de turma distintas: uma urgência e emergência adulta e outra pediátrica.
  • Capacitação de multiplicadores: focado em aplicar a metodologia de simulação realística para elaborar atividades de educação continuada nos serviços de urgência e emergência. A técnica possibilita que o profissional multiplique os conhecimentos adquiridos. Compreende a carga horária de 16 horas presenciais, com interações de cenários de simulação realística.
  • Durante o triênio, serão realizadas 106 turmas: 48 do projeto de urgências e emergências pediátricas, 48 do projeto de urgências e emergências em adultos e 5 turmas de multiplicadores para cada projeto. Serão oferecidas 40 vagas por turma.

     

    Equipe (para ser publicado no campo de “equipe” do portal PROADI-SUS): 

  • Joyce Kelly Barreto Silva – Gerente do Centro de Simulação 
  • Mariana Santos Alecrim Molina – Coordenador de Ensino
  • Elisabeth Cristina Araujo – Técnico Administrativo
  • Keila Regina Alexandre e Alves – Técnico Administrativo (Financeiro)
  • Tatiane Evangelista Oliveira – Auxiliar de Simulação
  • Olivia Cristiane Nascimento Silva – Auxiliar de Simulação
  • Isabella Muniz de Oliveira Santos – Analista de Informações Gerenciais Jr
  • Dourival Sabino Gomes Filho – Supervisor Administrativo
  • Midiã Martinez Matias – Analista de Simulação Senior
  •  


    Resultados

    Ao oferecer a qualificação dos profissionais no âmbito das Urgências e Emergências do adulto iremos monitorar:

  • Taxa de aquisição de conhecimento: média entre o pré e pós –teste realizada pelo profissional. O resultado é expresso em porcentagem. Espera-se que esta média seja acima de 15% e presença em 100% do curso para emissão de certificado.
  • Taxa de aproveitamento de vagas: é o resultado de aproveitamento das vagas, levando em consideração a quantidade de inscritos e a quantidade de presentes. É desejável que este valor seja acima de 90% de vagas ocupadas.
  • Avaliação de reação do curso: questionário preenchido pelo participante para avaliar a qualidade do curso. A meta será obtermos 90% de bom/ excelente no ítem geral do treinamento.

  • Equipe

    • Hospital Israelita Albert Einstein

      Liderança Joyce K. S. Barreto - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP - Linkedin Rafael Rafaini Lloret - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP
      Equipe

      Priscilla Cerullo Hashimoto - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP - Linkedin Midia Martinez Matias - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Veronica Borsaro Rosa - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Elisabeth Cristina Araujo, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Olivia Cristiane Nascimento Silva, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Gabriel Aguiar de Lima, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Tatiane Evangelista Oliveira, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Keila Regina Alexandre E Alves, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Isabella Muniz de Oliveira Santos, Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP


      Colaboração Beatriz Bonadio Aoki - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP Fernanda Pahim Santos - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP - Linkedin Dourival Sabino Gomes Filho - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP - Linkedin Renato Tanjoni - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP - Linkedin Kauê Kamia de Menezes - Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP - Linkedin
      Área Técnica

      Secretaria de Atenção à Saúde (SAS)


    Conheça outros Projetos_